Frida com as minas no MINAS em Minas

Olha, no quesito blogueirinha eu tô falhando bonito, hein! Quanto tempo não venho por aqui! Estava até com saudades… Estou aparecendo assim do nada, de repente e sem avisar, porque teve mais uma etapa do meu projeto Frida que Segue! Dessa vez, fui pras bandas de Minas, encontrar com umas minas incríveis que produzem o Encontro MINAS (Mulheres Inusitadas de Narizes).

O encontro está na sua terceira edição e enquanto eu escrevo ele ainda está acontecendo lá em Uberlândia. Realizado por uma equipe inteiramente feminina de mulheres lindas e poderosas, com muito, muito amor envolvido!

Esse festival me apareceu de última hora. O projeto original previa outro, que infelizmente não foi realizado neste ano. Então lá fui eu pra Minas. E num período de muito trabalho por aqui, decidi ir num bate e volta. Decisão que me arrependo agora, queria muito ter continuado a vivenciar o clima do encontro, as oficinas, os espetáculos, as trocas… Mas a logística foi complicada e com isso voltei antes do que gostaria.

Fui de carro de Londrina até Uberlândia, o que por si só já foi um desafio e tanto. Já falei aqui das minhas (não) habilidades ao volante, certo? Não sou daquelas que se diga nossa, como ela dirige! Mas lá fui eu, 800km até Uberlândia e depois mais 800km de volta pra casa. E olha, tenho que dizer que fiquei orgulhosa de mim. Claro que cansei até o último pedacinho do meu corpo. Mas me saí bem e acho até que gosto de dirigir na estrada. Ah, mostrei documentos pro guarda na entrada de Minas e soprei até bafômetro, pensa… fiquem tranquilas, eu só tinha comido uma banana.

Mesmo na correria conheci e pude conversar com palhaças maravilhosas, de Minas, de Santa Catarina, de São Paulo, de Curitiba, enfim… É sempre um privilégio poder apresentar meu trabalho para outras palhaças, e dividir com elas um pouquinho da minha história. Mas também é sempre um frio na barriga louco. E nesse caso, meu espetáculo foi a abertura do Encontro, pensa numa responsabilidade.

Eu estava nervosa desde a hora que saí de Londrina. Passei o caminho inteiro tentando lembrar algo que eu pudesse ter esquecido de levar. A cada parada, minha vontade era abrir o porta malas e desempacotar tudo só pra conferir, de novo, se estava tudo ali. Matheus (o técnico que viajou comigo) me impediu dessa loucura todas as vezes. Mas eu continuava pensando nisso.

Aí rolou bafômetro, problema no ralo do banheiro (tive que trocar de quarto no hotel, tinha m* saindo pelo ralo do chuveiro), manifestação política contrária as minhas crenças passando pelo meu caminho, maluco tentando entrar no meu carro… e minha mente fértil já começou a achar que era um sinal. Que ia dar m*. Tinha alguma coisa errada. E o nervoso aumentando.

Tentei respirar com mais calma. Um leve atraso para começar me deu tempo de colocar minha cabeça de volta no eixo. Nada de procurar sinais. Respirar, entrar em cena e fazer o que eu sei, o que eu planejei. E foi o que eu fiz. Na plateia, mais adultos que crianças. Gente linda e generosa, casa super cheia! Foi uma das minhas melhores apresentações. Fiquei muito feliz com o resultado. E teve fila pra comer risoto e muitos abraços deliciosos que me alimentaram o coração! Destaque para minha souz-chef Leka, que (eu não sabia) mas era também palhaça e fez um jogo muito legal comigo. E para o abraço quentinho que recebi das Las Cabaças que tanto admiro!

Antes de voltar pra casa ainda deu tempo de jantar com as palhaças todas. Ouvir coisas lindas sobre o que elas acharam do meu espetáculo. Ouvir dicas preciosas para seguir na estrada. E conversar sobre essa história de ser mulher e ser palhaça e esses caminhos que estamos trilhando na palhaçaria.

Minas (todas), amei estar com vocês! Vida longa a esse encontro e que nossos caminhos se cruzem mais vezes nessa estrada! Por enquanto estou sem destino certo, mas trabalhando bastante para que esse seja apenas o começo da história deste espetáculo, quero leva-lo para quantos lugares forem possíveis! Em setembro Ao Ponto completa um ano! E tem sido uma comemoração constante!

Frida que segue!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s